22 de agosto de 2010

VONTADE


Amanhecia. Ela lhe disse enquanto seguiam rumo:
- Essa é a primeira cor mais bonita do dia, o primeiro céu. Coincidentemente, a última cor mais bonita do dia, e o último céu colorido.
- E a noite?
- Não que a noite seja feia, pelo contrário, acho-a até bonita demais, com aquelas luas todas. Mas quando amanhece, e mais pro fim da tarde, é impossível ler estrelas; e assim, impossível errar destinos.
- Costumam falhar?
- O quê? Quem os lê?
- Seus destinos.
- Sempre. E eu me esforço.
- Pra não falharem?
- Não. Pra serem inconstantes.
- Isso é bom, afinal?
- E o que não é?

Um comentário:

  1. :)
    um destino que é certo não tem graça, certo?

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! Volte sempre para tomar um chá neste espaço de aluguel, e mais do que tudo: completamente seu.

Related Posts with Thumbnails
 

Voltar ao Topo